Sebastien Izambard

Sébastien Izambard


Sébastien Izambard – Tenor (voz populi)

Pessoal:

Nasceu em Paris no dia 7 de março de 1973. É cantor e compositor.

Sébastien é do signo de peixes,  tem olhos verdes, 1,83 de altura.  Gosta de ouvir Radiohead, Jeff Buckley, Jacques Brel, Johnny Haliday, Queen, Razorlight, Maroon 5, Keane, Scissor Sisters, Coldplay, James Blunt.
Fala francês, inglês, um pouco de italiano e aprendendo espanhol, toca piano e violão.
Suas paixões são aviação, tênis, natação, vinho tinto, The Birds de Hitchcock’s, Jelly Babies.

Atualmente é casado com  a australiana Renée Murphy (casou-se em setembro de 2008), com quem tem filhos gêmeos: Luca e Rose, nascidos em 20 de março de 2008.

Filho único, Sébastien é o fruto de um casamento que teve seu fim muito precocemente, quando ele ainda tinha apenas 6 anos de idade seu pai abandonou a família.

Marie mãe de Sébastien, então com apenas 24 anos e a responsabilidade de educar Sébastien sem aceitar o apoio financeiro dos pais e demais familiares mais abastados, trabalhou à exaustão, sempre priorizando a boa formação de Sébastien que freqüentou uma escola que se pode considerar dentre as melhores de Paris.

Entre os muitos desafios que esta pequena e forte família enfrentou, o objetivo de Marie de educar bem seu único filho e maior tesouro teve pleno sucesso; Sébastien é hoje modelo mundial de superação das dificuldades impostas pela vida, caráter e personalidade para milhões de pessoas de todos os cantos do mundo.

Logo ao conseguir êxito financeiro dentro do Il Divo, Sébastien realizou um sonho que há muito se empenhava em alcançar: comprar uma bela e confortável casa para sua mãe e um pequeno mascote felino.

Carreira

– Aprendeu a tocar piano com a idade de 8 anos, guitarra aos 13 e compor com 15, sendo totalmente autodidata. Apesar da tenra dedicação a música Sébastien Izambard sempre sonhou ser piloto de avião. Devido a um problema de acuidade visual ele teve que abandonar esse sonho e decidiu se dedicar a sua grande paixão: a música.

-Compôs músicas para alguns cantores franceses, mas somente aos 27 anos gravou seu primeiro álbum como cantor profissional dando início à sua carreira.

-Participou em 2002 de um grupo teatral denominado La Troupe, com o qual apresentou o musical Pequeno Príncipe, adaptação da obra de Antoine de Saint-Exupéry. Interpretou Le Bunismen ao lado de Jeff Tetedoie (o pequeno pricipe).

A partir desse musical foram gravados um álbum duplo e um dvd do musical.

Discografia

Single

  • Libre (2000)
  • J´t´veux (2000)

CD

  • Libre (2000)
  • Noël Ensemble (2000)
  • Petit Prince (2002)

DVD

  • Petit Prince (2002)

Libre e Sigles

Antes de integrar o grupo Il Divo Sébastien Izambard teve carreira solo como cantor popular na França e Canadá, na qual lançou dois singles e um álbum denominado “Libre”.

Os dois sigle são: Libre, com as músicas “Libre”, “Danse” e “Libre (radio edit)”, e J’t’en veux com a música “J’t’en veux” (radio edit) e J’t’en veux.

O álbum é composto pelas seguintes canções:

  • 1. Echec à la dame (Letra: Fab Fab e V.Baguian / Música : Sébastien Izambard & Lionel Tridon)
  • 2. Libre (Letra: Lionel Florence / Música: Sébastien Izambard)
  • 3. Même si vivre (Letra: Lionel Florence / Música: Sébastien Izambard e Lionel Tridon)
  • 4. Un coin d’enfance (Letra: Lionel Florence / Música: Sébastien Izambard)
  • 5. J’t’en veux (Letra: Lionel Florence / Música: Sébastien Izambard)
  • 6. Si tu savais (Letra: Lionel Florence / Música: Sébastien Izambard)
  • 7. Loin d’hier (Letra: Christophe Bardy / Música: Sébastien Izambard)
  • 8. C’est un mystère (Letra: Christophe Bardy / Música: J-P Taïeb)
  • 9. Danse (Letra: Christophe Bardy / Música: Sébastien Izambard e Lionel Tridon)
  • 10. Dangereuse (Letra: Fab Fab / Música: Sébastien Izambard e L.Tridon)
  • 11. Dis-le quand même (Letra: Lionel Florence / Música: Sébastien Izambard)

Nesse álbum Sébastien Izambard apresenta canções com sutis influências de diversos cantores que vão de Souchon à Brel passando ainda por Garbage e Radiohead. Foram sucessos desse álbum: ‘Libre’, ‘Echec à la dame’, ‘Même si vivre’ e ‘Loin d’hier’. Com esse álbum Sébastien Izambard gravou também o videoclipe com a música-título Libre.

-Também em carreira solo Sébastien Izambard abriu no ano 2000 o show de Johnny Hallyday no Olympia em Paris.

– Possui outras quatro músicas gravadas não-oficiais:

  • Au nom de quel amour
  • Lachê toi
  • L’ombre d’une femme
  • Tant que tu n’es pas la

-No ano de 2000 Sébastien Izambard participou com outros 100 artistas, sob a direção de Pascal Obispo, da gravação de um videoclipe e álbum para a campanha “Noël Ensemble” em prol da associação ” Sidaction – Ensemble contre le SIDA” (http://www.sidaction.org).

AMTM

Sébastien Izambard é também padrinho da organização Assistance Médicale Toit du Monde (http://www.amtm.org/en/index.htm). Sébastien Izambard promove algumas iniciativas como leilão de ingressos e objeto pessoal para reverter fundos para a organização.

Sébastien Izambard trabalhava em seu segundo álbum solo com Francis Madjouli e Lionel Florence quando decidiu participar do grupo Il Divo. Sébastien Izambard é o único membro do grupo que não possui formação clássica, tendo sua voz classificada como vox populi, ou voz popular.

Citação de Sébastien no Livro Biográfico:

Il Divo: Our Music, Our Journey, Our Words

“Naquela época as pessoas sempre me diziam que eu não tinha futuro, que era um aluno ruim e que nunca viria a ser nada na vida. Surpreendentemente, essas críticas não me desanimaram, pelo contrário, fizeram com que eu ficasse determinado a provar o contrário.
Mais tarde, percebi que não enxergava o suficiente para ser piloto de uma companhia grande como a Air France. Fiquei chateado, mas a experiência me fez refletir. Está bem, pensei, é sonhar muito alto.
Mas eu tenho uma paixão ainda maior em minha vida: a música! E se eu trabalhar essa paixão com afinco tudo vai dar certo.
Na verdade trabalhava com tanto afinco que me tomava o tempo todo, tanto que, às vezes, esquecia até de comer; a música tornou-se meu alimento, minha energia. Eu sentava, de olhos fechados, sonhando com nada além de música, por horas e horas.
Era o meu tudo e ainda é. Eu sempre pensei que sonhos são muito importantes.
As pessoas que sentem que estão em um buraco, sem saída, estão naquela situação, porque não têm nenhum sonho. Você tem que sonhar. Se não o fizer não poderá tornar seus sonhos realidade. Uma vez li, em algum lugar: ‘Vie tes reves, mais ne reve pas ta vie’. Eu amo o significado disso: viva seus sonhos mas não sonhe sua vida.”

Fontes: Fórum Oficial, Il Divo Brasil, wikipédia.